ANDRÉ LOTTERER, HERMANOS RODRÍGUEZ, 2002 – A solitária passagem do alemão André Lotterer, piloto da Caterham no GP da Bélgica de 2014, na extinta CART. (22/08/2014)

TEO FABI, NÜRBURGRING, 1985 – Como homenagem ao falecido Brian Hart, a incrível pole-position de Teo Fabi com um limitado Toleman-Hart. (08/01/2014)

SCOTT DIXON, WATKINS GLEN, 2005 – O dia em que o neozelandês Scott Dixon, tricampeão da IndyCar Series, salvou sua carreira da decadência definitiva. (21/10/2013)

RUBENS BARRICHELLO, KYALAMI, 1993 – O piloto paulista, recordista de número de GPs disputados, ainda pretendia voltar à Fórmula 1 em 2014. Duas décadas antes, ele fez a tão aguardada estreia no circuito sul-africano. (04/10/2013)

AYRTON SENNA, IMOLA, 1984 – Rei das poles-positions, Ayrton Senna não conseguiu se classificar para uma corrida de Fórmula 1 uma única vez. Curiosamente, exatos dez anos antes de sua morte. (05/03/2013)

TIMO GLOCK, LAS VEGAS, 2005 – Timo Glock é o único piloto do grid da Fórmula 1 de 2013 que já correu de monopostos nos EUA. Conheça um pouco sua trajetória na ChampCar em 2005. (09/01/2013)

NELSON PIQUET, HOCKENHEIM, 1978 – O tricampeão brasileiro de Fórmula 1 comemorou 60 anos no fim de agosto de 2012. Como homenagem, um artigo sobre as dificuldades de sua primeira corrida de Fórmula 1, o GP da Alemanha de 1978. (23/08/2012)

DAMON HILL, HUNGARORING, 1992 – A melancólica última corrida da história da Brabham, uma das equipes mais importantes que já existiram na Fórmula 1. (20/08/2012)

TOMAS ENGE, SPA-FRANCORCHAMPS, 2002 – Tomas Enge foi pego no antidoping em duas ocasiões. Comento um pouco aqui sobre a primeira vez, quando ele acabou perdendo a vitória que lhe custou o título da Fórmula 3000 em 2002. (20/06/2012)

PIERRE LEVEGH, LE MANS, 1952 – Quase que o francês Pierre Levegh se eternizou como o único piloto a vencer as 24 Horas de Le Mans pilotando durante todo o tempo. Teria sido o maior feito da história do automobilismo. (24/05/2012)

ENRIQUE BERNOLDI, MÔNACO, 2001 – Enrique Bernoldi pode até não ter conseguido fazer muita coisa na Fórmula 1, mas merece todo o respeito só por ter deixado David Coulthard e Ron Dennis putos da vida. (22/05/2012)

DAMON HILL, JACQUES VILLENEUVE, RUBENS BARRICHELLO E MARTIN BRUNDLE, INTERLAGOS, 1996 – Virou moda falar mal das corridas com chuva. Não se poderia ter uma atitude pior. Um exemplo de corrida molhada das boas. (27/04/2012)

PHILIPPE STREIFF, KYALAMI, 1985 – Em pleno apartheid, a Fórmula 1 insistia em realizar corridas na África do Sul. Philippe Streiff fazendo questão de correr lá é só um exemplo do quanto a categoria se importa com os problemas reais. (11/04/2012)

JAMES COURTNEY, SILVERSTONE, 2002 – O australiano que perdeu a chance do estrelato no automobilismo europeu por causa de um acidente em Monza em 2002. Mesmo assim, ele virou um dos astros das corridas de seu país. (02/01/2012)

ADRIAN CAMPOS, PAU, 1986 – Poucos sabem, mas o falecido Peter Gethin já teve uma equipe de Fórmula 3000. Falo dela aqui. (08/12/2011)

MARCO SIMONCELLI, PHILLIP ISLAND, 2011 – Homenagem ao motociclista Marco Simoncelli, morto em Sepang em 2011. (25/10/2011)

CHRISTIAN BAKKERUD, MÔNACO, 2008 – Algumas palavras sobre o dinamarquês Christian Bakkerud, falecido em um acidente de carro na Inglaterra em setembro de 2011. (13/09/2011)

AYRTON SENNA, SPA-FRANCORCHAMPS, 1988 – Última vitória de Ayrton Senna antes dele ganhar seu primeiro título mundial no GP do Japão de 1988. (05/09/1988)

NELSON PIQUET, SILVERSTONE, 1989 – Uma das melhores, e menos lembradas, atuações de Nelson Piquet na Fórmula 1. (23/08/2011)

NIGEL MANSELL, HUNGARORING, 1989 – O dia em que Nigel Mansell saiu lá do meio do grid e ultrapassou todo mundo em uma das pistas mais travadas do calendário. (09/08/2011)

THIERRY BOUTSEN, ADELAIDE, 1989 – A melhor corrida da vida do belga Thierry Boutsen. (14/07/2011)

GARY BRABHAM, INTERLAGOS, 1990 – A segunda e última corrida de Gary Brabham na Life, a pior equipe de todos os tempos. (06/07/2011)

GARY BRABHAM, PHOENIX, 1990 – A primeira corrida de Gary Brabham na Life, a pior equipe de todos os tempos. (05/07/2011)

JEAN-PIERRE JARIER, MONTREAL, 1978 – Um dos pilotos mais azarados da história da Fórmula 1, Jarier quase venceu a corrida canadense. (08/06/2011)

MARIO HYTTEN, DESCONHECIDO, 1986 – Conheçam o cara que foi patrocinado pela família de Osama bin Laden. (03/05/2011)

MICHELE ALBORETO, HERMANOS RODRIGUEZ, 1989 – A melhor corrida de Michele Alboreto na Fórmula 1 desde que sua carreira decaiu. (28/04/2011)

MICHELE ALBORETO, MÔNACO, 1985 – Uma das maiores atuações já vistas no Principado. (27/04/2011)

MICHELE ALBORETO, CAESARS PALACE, 1982 – A vitória que deu um gás extra à Tyrrell e projetou Michele Alboreto ao estrelato. (26/04/2011)

MICHAEL SCHUMACHER, SILVERSTONE, 1991 – A primeira vez que um certo Michael Schumacher pilotou um carro de Fórmula 1. (07/02/2011)

DARIO FRANCHITTI, SILVERSTONE, 2000 – O multicampeão da Indy quase migrou para a Fórmula 1 no início do milênio. (27/01/2011)

JJ LEHTO, IMOLA, 1991 – O finlandês, condenado por um acidente de barco em sua terra natal, fez sua melhor corrida na vida no encharcado circuito de Imola. (25/01/2011)

RUBENS BARRICHELLO, MELBOURNE, 1997 – Como foi a estreia da equipe que acabou virando, num belo dia, a Red Bull Racing. (07/12/2010)

MAX WILSON, MAGNY-COURS, 1998 – Max Wilson, campeão da Stock Car Brasil em 2010, já teve sua chance de pilotar um carro de Fórmula 1. (06/12/2010)

DAMON HILL, SUZUKA, 1996 – Os primeiros quilômetros de um carro de Fórmula 1 feitos com pneus Bridgestone. (23/11/2010)

CORRADO FABI, PAUL RICARD, 1983 – O carro lembra uma Ferrari e o capacete lembra um pouco o do Gerhard Berger. Mas… (03/11/2010)

KIMI RÄIKKÖNEN, SUZUKA, 2005 – Talvez a melhor atuação na última década na Fórmula 1. (04/10/2010)

STÉPHAN GREGOIRE, INDIANÁPOLIS, 1993 – Um carro multicolorido patrocinado por um antiácido. (28/09/2010)

NELSON PIQUET, HUNGARORING, 1986 – Homenagem ao aniversariante Nelson Piquet. (17/08/2010)

NIGEL MANSELL, HUNGARORING, 1988 – A corrida em que Nigel Mansell peitou Ayrton Senna e seu incrível McLaren MP4/4 mesmo estando com sarampo. (28/07/2010)

THOMAS DANIELSSON, HOCKENHEIM, 1989 – O teste do piloto sueco que não conseguia enxergar em três dimensões. (07/07/2010)

LUIS PEREZ-SALA, VALLELUNGA, 1989 – O carro da Minardi que foi transformado em um bólido de Fórmula 3000. (30/06/2010)

JEAN ALESI, MONTREAL, 1995 – A única vitória de um dos pilotos mais injustiçados da história da Fórmula 1. (10/06/2010)

PANCHO CARTER, INDIANÁPOLIS, 1987 – De ponta-cabeça, o americano Pancho Carter fez uma das coisas mais legais que já vi no lendário oval de Indiana. (20/05/2010)

OLIVIER PANIS, MÔNACO, 1996 – Muitos dizem que a última vitória da França na Fórmula 1 foi pura cagada, mas a verdade não é bem assim. (13/05/2010)

RICCARDO PATRESE, MONZA, 1978 – Dizem que, neste dia, Riccardo Patrese deixou de ser um dos pilotos mais arrojados do grid para se transformar em um burocrático condutor de carros rápidos. (29/04/2010)

MAURICIO GUGELMIN, PAUL RICARD, 1989 – Chega a ser comovente a maneira delicada com a qual os comissários de pista franceses desviram o March capotado. (08/04/2010)

AYRTON SENNA, ADELAIDE, 1993 – A última vitória do tricampeão brasileiro na Fórmula 1. (31/03/2010)

AYRTON SENNA, MÔNACO, 1993 – A última das seis vitórias de Senna no principado. (30/03/2010)

AYRTON SENNA, DONINGTON PARK, 1993 – Uma primeira volta das melhores já vistas no automobilismo mundial. (29/03/2010)

AYRTON SENNA, MÔNACO, 1992 – Como Senna obteve sua primeira vitória em 1992 segurando um enfurecido Nigel Mansell a bordo de um brilhante FW14B. (25/03/2010)

AYRTON SENNA E ALAIN PROST, SUZUKA, 1990 – A mais agressiva decisão de um título mundial na história da Fórmula 1. (24/03/2010)

AYRTON SENNA, PHOENIX, 1990 – Mesmo em pé-de-guerra com a FISA, Ayrton Senna empreendeu uma bela vitória nos EUA. (23/03/2010)

AYRTON SENNA, SUZUKA, 1989 – O fanfarrão Alain Prost ganhou seu terceiro título numa tremenda sacanagem. (23/03/2010)

AYRTON SENNA, MONZA, 1988 – Ao bater em Jean-Louis Schlesser, Ayrton Senna mergulhou em um pequeno inferno astral naquele segundo semestre de 1988. (22/03/2010)

AYRTON SENNA, SILVERSTONE, 1988 – A maior prova de superioridade de Ayrton Senna sobre Alain Prost sob chuva. (19/03/2010)

AYRTON SENNA, MÔNACO, 1987 – A primeira das seis vitórias de Senna no principado. (18/03/2010)

AYRTON SENNA, PORTUGAL, 1985 – A primeira vitória de Ayrton Senna na Fórmula 1 foi do jeito que ele queria: encharcada. (17/03/2010)

AYRTON SENNA, MÔNACO, 1984 – Como Ayrton Senna apareceu para o mundo pela primeira vez na Fórmula 1. (17/03/2010)

ALESSANDRO ZANARDI, ADELAIDE, 1994 – A última corrida da primeira Lotus. (11/03/2010)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s