Fiscais de pista cuidadosos, os de Paul Ricard. Simplesmente se uniram e viraram o March capotado sem o menor cuidado com o pobre Mauricio Gugelmin. Com um pouco mais de azar e o pescoço do cara vai pro espaço. Mas pra um autódromo que deixou Elio de Angelis morrer da maneira que morreu…

Quanto ao Gugelmin, ele saiu do carro, voltou correndo aos pits, trocou meia dúzia de palavras com Srta. Stella Gugelmin, outra meia dúzia de palavras com Ian Philips, entrou em um GC891 reserva novinho em folha, veio para a segunda largada e ainda marcou a melhor volta da corrida, a única de sua carreira!

Vídeo do acidente e do primoroso e exemplar procedimento dos fiscais de pista:

Anúncios