Vê este cidadão com cara de quem acabou de acordar? Ele é Charles Pic, um promissor piloto francês que compete na GP2 pela Arden. Na semana passada, por muito pouco, o paddock de Istambul, efervescido pela Fórmula 1, pela própria GP2 e pela GP3, não recebia a notícia de sua morte.

Sensacionalista, eu? O pior é que não. Pic, 20, foi acometido por uma violenta bactéria que se apoderou rapidamente de seu corpo, causando sensação de dormência e posterior paralisia. Como isso aconteceu?

Na primeira corrida do fim de semana de Istambul, realizada pouco depois dos treinos oficiais da Fórmula 1, Pic se envolveu em um acidente com Jules Bianchi e acabou abandonando a prova. Logo após o acidente, ele deu um pulo nos pits e voltou para seu hotel. Por lá, ele bebeu água e, poucos momentos depois, começou a sentir formigamento na ponta dos pés. Não demorou muito e o formigamento se espalhou por todo o corpo. O pior de tudo é que algumas partes começaram a sofrer também uma súbita paralisia.

Desesperado, Pic ainda conseguiu fazer uma ligação ao seu preparador físico pedindo ajuda. Pouco depois, ele apareceu no hotel com uma ambulância, que transportou o piloto a um hospital com total urgência. A essa altura, Charles mal conseguia respirar.

No hospital, os médicos conseguiram estabilizar a condição do francês e, com fortes antibióticos, puderam combater a bactéria. Charles Pic está bem, mas acabou ficando de fora da corrida do dia seguinte. Os médicos falaram que ele teve sorte: se o atendimento tivesse demorado um pouco mais, as consequências poderiam ter sido fatais.

Tomar água e ter diarréia já é foda. Imagine, então, tomar água e ficar paralisado…

Anúncios