SEBASTIAN VETTEL9,5 – Só não leva dez por ter perdido a primeira fila. A vitória foi construída na largada, quando passou Rosberg na saída e Webber na primeira curva. Depois disso, foi só se manter à frente do australiano e obter seu primeiro trunfo. Merecidíssimo, e serve pra começar a afastar a má sorte.

MARK WEBBER8,5 – Fez uma pole-position fácil, mas perdeu a ponta para um Vettel bastante esperto. Depois disso, apesar de ter se mantido próximo do alemão em alguns momentos e de ter perdido um pouco de tempo em sua troca de pneus, jamais ameaçou a ponta de seu companheiro. Terminou em um bom segundo lugar, mas já sabe qual é seu lugar dentro da equipe.

NICO ROSBERG8 – Andou muito bem nos treinos, mas perdeu o segundo lugar na ultrapassagem de Vettel. Seguiu em terceiro durante quase todo o tempo e foi premiado com um pódio. Mais uma vez, discreto e muito mais eficiente que seu badalado companheiro.

ROBERT KUBICA8,5 – O destaque vai para sua excelente largada, ganhando duas posições. Manteve-se em quarto o tempo todo e somou mais 12 importantes pontos para sua boa campanha em 2010.

ADRIAN SUTIL 8 – Tem um carro muito bom nas mãos e não perdeu a oportunidade de marcar seus primeiros pontos. Andou quase que o tempo todo em quinto e ainda segurou um Hamilton com um carro bem melhor atrás no final. Dessa vez, foi visivelmente melhor que seu companheiro de equipe.

LEWIS HAMILTON 9 – Prejudicado pela McLaren nos treinos oficiais, largou do fundão e, dessa vez, fez um monte de ultrapassagens sem ser desastrado. Mostrou muito arrojo e até petulância ao ziguezaguear na frente de Petrov por duas vezes. No fim, terminou preso atrás de Sutil, mas pode ser considerado sem sombra de dúvidas o grande animador da corrida.

FELIPE MASSA8 – Outro que animou um bocado a corrida. Largou em 21º, mas deixou Alonso para trás na largada. Galgou várias posições, mas ficou um bom tempo preso atrás dos dois carros da Toro Rosso. No fim, ainda fez uma boa ultrapassagem sobre Button e obteve um sétimo lugar meio amargo devido ao que a Ferrari fez no dia anterior.

JENSON BUTTON7 – Largou no fundão por causa de sua equipe e ficou um bom tempo preso no tráfigo. Tentou a mesma tática australiana de parar mais cedo que o resto e até ganhou algumas posições, mas acabou ficando sem pneus e foi ultrapassado por Massa no final.

JAIME ALGUERSUARI8 – Está em ótima fase. Largou bem e segurou Massa por algum tempo, mostrando combatividade. Aproveitou-se do bom carro e de alguns problemas à sua frente para marcar seus primeiros pontos na categoria.

NICO HÜLKENBERG6 – Esteve mal nos treinos o tempo todo, mas obteve um ótimo quinto lugar no grid graças à chuva. Porém, o carro não estava bem e Nico só marcou um ponto graças aos problemas de concorrentes mais competitivos.

SEBASTIEN BUEMI4,5 – Ao contrário de seu companheiro, está em uma fase ruim e azarada. Foi tocado por Kobayashi na primeira volta e por causa disso nunca teve um carro competitivo durante a corrida. Porém, ainda conseguiu segurar Massa por um bom tempo. Mas também foi só isso.

RUBENS BARRICHELLO2,5 – Fez talvez um de seus piores fins de semana na carreira. De positivo, só ter largado entre os dez primeiros. Mas teve um carro “porcaria” durante o fim de semana todo, levou uma ultrapassagem fácil do problemático Buemi na corrida e terminou lá atrás.

FERNANDO ALONSO 5 – Deu tudo errado para ele no fim de semana, coitado. Prejudicado pela Ferrari na classificação, largou no fundão e teve problemas na embreagem logo na primeira volta. Ainda assim, até que conseguiu subir várias posições, mas acabou tendo o motor estourado faltando apenas duas voltas para o fim.

LUCAS DI GRASSI4,5 – Está bem mais lento que seu companheiro nos treinos, mas conseguiu fazer o que ele não fez até agora: terminar uma corrida. Para o pouco confiável Virgin, e levando em conta o fato de ter levado um toque de Kovalainen, nada a reclamar.

KARUN CHANDHOK5,5 – Terminou uma corrida pela segunda vez consecutiva, o que é notável. De quebra, superou seu companheiro com facilidade pela primeira vez na temporada. Por enquanto, acima das expectativas.

BRUNO SENNA4 – Terminou sua primeira corrida no ano, mas a diferença dele para seu companheiro indiano é menor do que se supunha antes do início do campeonato.

JARNO TRULLI2,5 – De bom, apenas ter terminado a corrida. Mas nunca chamou a atenção, tirando o toque com Glock nas primeiras voltas e as ultrapassagens feitas pelos HRT sobre seu Lotus no final da prova.

HEIKKI KOVALAINEN 3 – Só chamou a atenção por ter ido ao Q2 e por ter tocado Di Grassi em uma tentativa difícil de ultrapassagem. Acabou abandonando pela primeira vez no ano.

VITALY PETROV 6,5 – Tinha tudo para marcar seus primeiros pontos no ano, mas não teve sorte. Fez uma boa classificação, outra boa largada e chegou a tentar devolver uma ultrapassagem sobre Hamilton. Acabou abandonando com problemas mecânicos. Precisa ao menos terminar uma corrida.

VITANTONIO LIUZZI 4 – Menos brilhante que seu companheiro de equipe, poderia ao menos ter marcado pontos pela terceira vez seguida. Contudo, o motor Mercedes não deixou.

MICHAEL SCHUMACHER 3 – Até se aproximou de Rosberg nos treinos, mas continuou atrás dele. Largou bem, mas sua corrida durou pouco, prejudicada por uma mísera porca da roda traseira esquerda.

KAMUI KOBAYASHI5,5 – Eficiente nos treinos e combativo no início da corrida, teve manifestado seu típico azar dos tempos da GP2 ao ter problemas com o motor Ferrari ainda no começo.

TIMO GLOCK 3,5 – Passou para o Q2 pela primeira vez graças à chuva, o que foi muito bom. Sua corrida durou apenas duas voltas, após uma tentativa de ultrapassagem desastrada sobre Trulli e um toque entre os dois.

PEDRO DE LA ROSA 1 – Ganha um ponto por ter ido razoavelmente bem nos treinos, embora inferior ao companheiro. A corrida sequer ocorreu, devido a um problema no motor Ferrari ocorrido antes mesmo da volta de apresentação.

Anúncios