Meu pequeno e humilde censo sobre os gostos dos leitores deste humilde sítio eletrônico está concluído. Resultados interessantes. No geral, tudo dentro do esperado. Mas sempre há alguma surpresa aqui ou acolá. E alguns dos meus pilotos preferidos foram impiedosamente surrados, o que me fez cogitar fechar o Bandeira Verde e abrir um site sobre quiromancia ou física nuclear. Meus votos não contaram aqui. Abro exceções a alguns votos atrasados. Aos resultados, vamos:

MCLAREN JENSON BUTTON 15 X 13 LEWIS HAMILTON

MEU VOTO: LEWIS HAMILTON

Já começo levando pau aqui. De certa forma, um resultado que me surpreendeu. Achei que Hamilton seria votado em massa, mas o pessoal parece gostar bastante do estilo mais comedido e mais discreto do campeão de 2009. De qualquer jeito, disputa acirrada entre a dupla que reedita Ayrton Senna e Alain Prost.  

Thiago Medeiros: “Acho impressionante alguém ser campeão do mundo pilotando politicamente correto daquela forma. É um dos poucos casos em que gosto mais da competência que do show”

MERCEDES – MICHAEL SCHUMACHER 17 X 11 NICO ROSBERG

MEU VOTO: MICHAEL SCHUMACHER

Aqui, pesou o currículo impecável do heptacampeão mundial, até porque não creio que as pessoas tenham pensado em seu desempenho nesta temporada para votar nele. Pelo visto, a discrição de Nico Rosberg não consegue agradar a muitos.

António Guimaraes: “É o piloto com mais titulos mundiais, é hepta-campeão!“

RED BULL – SEBASTIAN VETTEL 15 X 13 MARK WEBBER

MEU VOTO: SEBASTIAN VETTEL

Mesmo com a ótima temporada de Webber, muitos acreditam que Vettel ainda tem mais talento natural e mais potencial para se tornar um fenômeno nos próximos anos. Ainda assim, é notável o número de pessoas que apoiam o australiano.

Joel Batata: “Agressivo e imaturo. E isso é muito bom”

FERRARI – FELIPE MASSA 9 X 17 FERNANDO ALONSO (DOIS NÃO ESCOLHERAM NINGUÉM)

MEU VOTO: FERNANDO ALONSO

A presepada de Hockenheim e a excepcional forma de Fernando Alonso nesta temporada custaram a Massa um bocado de pontos. O espanhol, favorito ao título, também é o favorito dos leitores aqui, mesmo sendo um dos sujeitos mais polêmicos que a Fórmula 1 já conheceu.

 Roberto L.: “Bicampeão mundial, andando pra caralho num carro que não é essa Brastemp toda. Merece todo o respeito e admiração. Massa é bom piloto, mas não chega aos pés do espanhol”

WILLIAMS – RUBENS BARRICHELLO 27 X 1 NICO HÜLKENBERG

MEU VOTO: RUBENS BARRICHELLO

Uma surra daquelas. E Rubens, mesmo com 38 anos de idade e 17 na Fórmula 1, ainda consegue agradar a muitos com sua experiência e suas boas colaborações para a Williams. E olha que Hülkenberg definitivamente não pode ser considerado um mau piloto.

Arthur Simões: “O cara é foda! Quase 40 anos e correndo como uma criança… ou melhor, como um novato”

RENAULT – ROBERT KUBICA 27 X 1 VITALY PETROV

MEU VOTO: VITALY PETROV

É de pedir pra sair e ir pra casa. Robert Kubica é um dos maiores talentos da Fórmula 1 atual e vem fazendo uma temporada simplesmente impecável. Quem torce pelo Petrov (no caso, eu e o Bruno Simões) o faz porque é um dos sujeitos mais pitorescos do grid. Surra inquestionável e previsível.

Pedro Meinberg Junior: “Merecia um carro melhor, mas é excelente vê-lo render tanto com um carro limitado”

FORCE INDIA ADRIAN SUTIL 26 X 1 VITANTONIO LIUZZI (UM VOTOU EM PAUL DI RESTA, TEST-DRIVER)

MEU VOTO: VITANTONIO LIUZZI

Terceira surra consecutiva, dessa vez por um pouco menos: 26 x 1. Nesse caso, até eu pensei em votar em Adrian Sutil, pois também gosto do seu estilo de pilotagem e torço para que encontre uma boa vaga. Mas Liuzzi é campeão de Fórmula 3000 Internacional e não tem como eu não ter simpatia por ele. O Pedro Meinberg Junior também gosta mais dele.

Gabriel Vargas: “Veloz e pouco sutil

TORO ROSSO – SEBASTIEN BUEMI 8 X 18 JAIME ALGUERSUARI (UM NÃO ESCOLHEU, UM VOTOU NO TEST-DRIVER DANIEL RICCIARDO)

MEU VOTO: JAIME ALGUERSUARI

Fiquei surpreso, já que achei que Buemi ganharia com facilidade. Mas o suíço não está fazendo uma grande temporada e Alguersuari, que não é nenhuma Brastemp, está convencendo um pouco mais. Mas a dupla peca por ser absolutamente sem sal.

Lucas Domakoski: “Não tenho nenhuma simpatia especial por nenhum dos dois, mas o espanhol às vezes mostra alguns lampejos de agressividade”

LOTUS – JARNO TRULLI 3 X 21 HEIKKI KOVALAINEN (QUATRO NÃO ESCOLHERAM)

MEU VOTO: HEIKKI KOVALAINEN

É isso aí. Teve mais gente que não votou em ninguém do que apoiadores do veterano Trulli. Mas a verdade é que o italiano foi completamente ofuscado pelo ótimo desempenho do outrora desacreditado Kovalainen. Resultado previsível.

Natan D. Rodrigues: “Dá um banho de aguerrimento no Trulli.”

HISPANIA – SAKON YAMAMOTO 1 X 22 BRUNO SENNA (KARUN CHANDHOK RECEBEU TRÊS VOTOS, CHRISTIAN KLIEN RECEBEU UM E UMA PESSOA NÃO VOTOU EM NINGUÉM)

MEU VOTO: BRUNO SENNA

É difícil fazer uma avaliação dessas com uma equipe que teve quatro pilotos diferentes nessa temporada. Bruno Senna, no fim das contas, só recebeu mais votos por falta de opção, já que Sakon Yamamoto é naturalmente inferior ao brasileiro e Karun Chandhok acabou saindo muito cedo.

Rodrigo Rocha: “Provavelmente é o piloto da F1 com menos corridas na carreira (somando todas as categorias), ainda tem muito a aprender, mas já é rápido. É que com Hispania não dá para avaliar”

SAUBER – NICK HEIDFELD 5 X 20 KAMUI KOBAYASHI (UM NÃO VOTOU EM NINGUÉM, DOIS INDECISOS)

MEU VOTO: NICK HEIDFELD

É uma das duplas mais simpáticas do grid. A vitória de Kamui Kobayashi era esperada, já que o japonês é a sensação do momento. Heidfeld, no entanto, não foi tão absurdamente mal como eu esperava. Um dos votantes, o Luís, simplesmente não escolheu ninguém por gostar dos dois. E é isso que acontece. São dois pilotos legais.

Luís: “Sempre fui fã do Nick e agora do Koba”

VIRGIN – TIMO GLOCK 3 X 22 LUCAS DI GRASSI (TRÊS NÃO ESCOLHERAM NINGUÉM)

MEU VOTO: LUCAS DI GRASSI

Ao contrário da Sauber, a Virgin tem uma das duplas mais apagadas do grid. Ainda assim, Lucas di Grassi vem agradando a vários com sua evolução no ritmo de corrida. E é um sujeito mais gente boa do que o fechado Glock.

Lucas Domakoski: “É um bom piloto, simpático e batalhador. Timo Glock é um piloto mediano, arrogante e mal-humorado”

Anúncios